segunda-feira, 7 de janeiro de 2013

Um ano de ouro para o Tesouro Direto

Nunca um título de artigo foi tão apropriado. O ano de 2012 terminou e, como de costume, os grandes jornais e periódicos relacionaram os melhores e os piores investimentos do ano. Em todas as publicações que eu tive acesso, li que o ouro foi, de longe, o melhor investimento do ano, com uma variação de +15,85%, seguida do Dólar, que acumulou +13,61% de alta em 2012. Mas será que o Ouro e o Dólar foram, de fato, os melhores investimentos em 2012?

A tabela abaixo é uma velha conhecida dos leitores do Blog. Mensalmente o Blog ABC do Dinheiro apresenta a rentabilidade passada dos títulos negociados no Tesouro Direto, que é o programa de compra e venda de títulos públicos da Secretaria do Tesouro Nacional (STN).

Tal tabela é elaborada através dos dos preços históricos dos títulos públicos (PU) obtidos no site da STN, levando-se em consideração os eventuais juros pagos ao longo do período, conhecidos como cupons.

Título
Vencto
PU
mês
ano
12 m.
24 m.
36 m.
 LFT
07/03/17
  5.439,23
0,52%
8,57%
8,57%
#DIV/0!
#DIV/0!
 NTNB
15/08/20
  2.687,70
2,33%
28,37%
28,37%
48,47%
75,66%
 NTNB
15/05/35
  2.869,66
1,77%
35,17%
35,17%
54,48%
90,36%
 NTNB
15/08/50
  3.071,89
2,55%
#DIV/0!
#DIV/0!
#DIV/0!
#DIV/0!
 NTNBP
15/05/15
  2.123,02
1,59%
19,77%
19,77%
39,53%
61,81%
 NTNBP
15/08/24
  1.451,03
2,66%
35,96%
35,96%
58,51%
91,28%
 NTNBP
15/05/35
     872,19
0,98%
49,18%
49,18%
66,03%
#DIV/0!
 LTN
01/01/15
     859,01
0,94%
17,39%
17,39%
#DIV/0!
#DIV/0!
 LTN
01/01/16
     786,31
1,21%
#DIV/0!
#DIV/0!
#DIV/0!
#DIV/0!
 NTNF
01/01/23
  1.093,96
1,92%
#DIV/0!
#DIV/0!
#DIV/0!
#DIV/0!









Legenda:
 Indexados à taxa Selic
 Indexados ao IPCA (cupom)
 Indexados ao IPCA

 Prefixados

 Prefixados (cupom)


Neste ano, quase todos os títulos vendidos no Tesouro Direto tiveram rentabilidade superior (ou muito superior) às rentabilidades apresentadas pelo Ouro e pelo Dólar. A única exceção à essa regra foram as Letras Financeiras do Tesouro (LFT), que tem valor corrigido de acordo com a variação da taxa Selic. Ou seja, TODOS os títulos prefixados (LTN e NTN-F) ou indexados ao IPCA (NTN-B) negociados no Tesouro Direto tiveram rentabilidade superior ao ouro e ao Dólar.

Logo, o brilho do ouro, com sua rentabilidade de +15,85% não parece tão intenso quando comparamos, por exemplo, com a variação de +49,18% das NTN-B Principal com vencimento em 2035!

Obviamente, nunca é demais lembrar que rentabilidade passada não é garantia de rentabilidade futura e que este este artigo é meramente informativo e não deve ser considerado como recomendação de investimento, nem deve servir como única base para tomada de decisões de investimento.