segunda-feira, 14 de julho de 2014

Fale conosco: Tesouro Direto

Recebemos um comentário no artigo Rentabilidade e risco Passado do Tesouro Direto, que gostaríamos de compartilhar com os demais leitores:

"Tenho 4 LTN com vencimento em 2016. 10 NTN-B Principal com vencimento em 2019 e 1 LFT com vencimento em 2017. Perguntas: até quando é aconselhável comprar o mesmo titulo considerando impostos? Posso aplicar R$ 6 mil por mês, como aplicar para juntar R$ 300 mil no menor tempo? O Tesouro Direto é melhor que a poupança, mesmo considerando impostos e taxa da corretora?"

Tributação Tesouro Direto

Para saber um pouco mais sobre a tributação do imposto de renda, aplicável aos títulos negociados no Tesouro Direto, recomendamos a leitura do artigo Tributação de investimentos - Tesouro Direto, mas, de forma resumida, para pagar a alíquota mínima de IR (15%), deve-se comprar títulos cujo vencimento sejam superiores a 2 anos e vendê-los somente após 2 anos de carregamento (ou carregá-los até o vencimento). 

Longo prazo vs. curto prazo

Quanto à pergunta sobre como juntar R$ 300 mil no menor tempo, isso depende do apetite ao risco. Geralmente, os títulos públicos com vencimento mais longo são mais rentáveis, mas, ao mesmo tempo, mais arriscados, já que seus preços costumam oscilar bastante, como explicamos no artigo Tesouro Direto: títulos longos vs. títulos curtos.

Poupança vs. Tesouro Direto

Por fim, seria o Tesouro Direto melhor que a poupança? Bem, eu particularmente acho que sim. Para exemplificar isso, temos dois artigos que que compara a evolução dos títulos públicos vendidos no Tesouro Direto vis-à-vis a rentabilidade da poupança. Trata-se do nosso tradicional Rentabilidade e risco Passado do Tesouro Direto. Mas lembre-se da velha máxima que diz que rentabilidade passada não representa garantia de rentabilidade futura.

O futuro a Deus pertence (pelo menos para quem acredita em Deus), mas é possível simular a rentabilidade futura dos principais investimentos de baixo risco, através de nossa Calculadora: Poupança X Fundo DI X CDB X Tesouro Direto X LCI/LCA. Podemos ver que atualmente a poupança só ganha dos demais investimentos se o investidor escolher bancos e corretoras que cobram taxas muito, muito altas. Portanto, cabe ao investidor, e somente a ele, correr atrás de melhores taxas e condições para realizar seus investimentos.

Artigo escrito por Flávio Girão Guimarães.