segunda-feira, 26 de março de 2012

Análise Técnica: Tendência - Parte II

O que significa tendência?

Na primeira parte aprendemos que tendência é a direção que o mercado está se movendo. A primeira vista parece ser fácil identificar uma tendência, mas veremos que nem sempre a coisa funciona desta maneira. São vários os parâmetros utilizados para se identificar uma tendência. Falaremos agora da maneira clássica de identificação de uma tendência, através do comportamento dos topos e fundos no mercado.

Independentemente do ativo e da periodicidade do gráfico, é possível notar que o mercado não se movimenta em uma linha reta, mas sim em zig-zags. O gráfico abaixo de PETR4 (Petrobrás) mostra a movimentação em zig-zag dos preços na periodicidade semanal:




A linha cinza no gráfico mostra a trajetória em zig-zag da movimentação dos preços.

A maneira clássica de determinação de uma tendência é a sua identificação pelo comportamento dos topos e fundos formados no mercado. Como o mercado se movimenta em Zig-Zags, a formação de topos e fundos ascendentes (topo e fundo maiores que o anterior) caracterizaria uma tendência de alta. A formação de topos e fundos descendentes (topo e fundo menores que os anteriores) caracterizaria uma tendência de baixa. Segue a mesma figura acima com as identificações das tendências:



A sequência de topos e fundos pode ser verificada através da linha cinza, que ajuda a identificar as tendências.

Agora que aprendemos como identificar uma tendência, no próximo artigo mostrarei as três fases do mercado e como identificar uma reversão de uma tendência, bem como o significado dos termos "suporte" e "resistência" e qual a importância dos mesmos para um trader.